Harry Poter 4, 5 e 6

Harry Potter e o Cálice de Fogo


A história inicia com a ida de Harry à casa dos Weasley, de onde os filhos e o marido da Sra. Weasley, Hermione Granger e Harry vão para a final da Copa Mundial de Quadribol. Lá Harry descobre que há feiticeiros noutros países, conhece animais de outros lugares, e assiste a uma disputa profissional de Quidish, na qual o astro é o jogador Vitor Krum, que joga na mesma posição em que Harry joga na sua equipa na escola como apanhador. Ele também conhece outras personagens que serão importantes no decorrer do livro e alguns que serão importantes também no decorrer da série, como Bartolomeu Crouch e Ludo Bagman, assim como também conhece alguns dos outros funcionários do Ministério da Magia (onde Arthur Weasley, pai de Rony Weasley, também trabalha). Além da final do campeonato, Harry também assiste a dois fatos que remetem ao tempo em que Voldemort estava no poder: a rápida reaparição dos Comensais da Morte, antigos seguidores de Voldemort, cuja maioria fora presa, morta ou dispersa depois da queda do feiticeiro das trevas; e à conjuração da Marca Negra, que não era vista há 14 anos, e que inspirava grande terror entre a comunidade feiticeira por ser o símbolo que Voldemort deixava pairando sobre as casas dos feiticeiros que matava.
Dali, Harry retorna à casa da família de seu amigo, de onde parte para Hogwarts. Lá ele conhece Alastor Moody, um antigo auror que dará aulas de Defesa Contra as Artes das Trevas na escola; reencontra Alvo Dumbledore, (sempre simpático), Severo Snape (soturno e enigmático como sempre), Minerva McGonagall (presença sempre agradável), e Rúbeo Hagrid, (um tanto quanto sonhador este ano) e descobre que acontecerá o Torneio Tribruxo.
Por ser um bruxo menor de idade, Harry está impedido de participar da seleção do representante de sua escola, que competirá contra as escolas de Beauxbatons, dirigida pela simpática e incrivelmente alta Madame Maxime (que se apaixona por Hagrid), e de Durmstrang, dirigida pelo ex-comensal da morte Igor Karkaroff. Misteriosamente, porém, seu nome é selecionado, junto com o de Cedrico Diggory, para representar Hogwarts no campeonato, fato muito estranho porque o Cálice de Fogo, que é imparcial e escolhe magicamente os três competidores, sabe que são apenas três escolas competindo e que pode escolher apenas um representante por escola.
Harry realiza duas tarefas, nas quais se sai bem. A terceira tarefa consiste em chegar ao centro de um labirinto onde está a Taça do Torneio Tribruxo. Além da dificuldade de estar em um labirinto, existem diversos obstáculos dentro do labirinto a se ultrapassar. Ao chegar à Taça, junto com Cedrico, Harry descobre que o objeto é um botão de transporte (um objeto que, ao ser tocado, transporta a pessoa que a tocou a um lugar determinado por quem a transformou em botão de transporte) que o transporta para um cemitério, mais precisamente ao túmulo de Tom Riddle Senior.
Lá Cedrico é morto, e Harry assiste ao retorno de Voldemort. O clima é dos piores pois além de
Pedro Pettigrew, o Rabicho, ainda estão no local os Comensais mais fiéis à Voldemort. Logo depois, Harry e Voldemort lutam com as varinhas, uma varinha contra a outra. De repente, todas as almas das pessoas que Voldemort matou saem da varinha dele, inclusive as dos pais de Harry. É uma luta assustadora mas Harry triunfa. Ao fugir daquele lugar pavoroso, consegue levar com ele o corpo de Cedrico. De volta a Hogwarts todos se assustam com a morte do colega e ninguém consegue acreditar na volta do Lorde das Trevas, além, é claro, dos amigos de sempre.


Harry Potter e a Ordem da Fênix


Harry não recebe mais cartas de Rony e Hermione, o verão está insuportável e Harry escuta de repente um barulho na casa dos tios. Válter, o tio de Harry, desconfia que ele tenha sido o autor do barulho. Harry chateia-se e começa a andar pelas ruas quando vê o seu primo Duda e os seus amigos. A caminho de casa, Harry e Duda começam a discutir. Duda fala algo sobre Cedrico, e Harry puxa a varinha, mas não a usa. De repente, chegam dois dementadores que atacam Harry e Duda, e Harry usa magia para se livrar dos dementadores. A Srª. Figg, uma vizinha de Harry, chega e começa a falar que um tal Mundungo Fletcher o estava seguindo por ordens de Dumbledore, e saiu no seu turno de vigilância. Harry nunca imagina que a Sra. Figg fosse Bruxa, e ela revela-lhe que é um "aborto". Harry também se enraivece quando descobre que Dumbledore estava a pedir para que pessoas o seguissem. Quando chega na casa dos Dursley, os tios lhe pedem grandes informações sobre como tudo aconteceu, e chegam a pensar que o Harry usou magia contra Duda, mas o que mais preocupou Harry foi uma carta dizendo que ele fora expulso de Hogwarts. Minutos depois, chega outra carta dizendo que, em vez disso, Harry terá que comparecer a uma audiência disciplinar de noite com um grupo de pessoas, incluindo amigos de Harry como Remo Lupin. Eles levam-no em vassouras até a casa de Sirius Black. Harry encotra Rony Weasley, Hermione Granger e grita com eles um monte de coisas sobre toda a sua raiva do verão. Os amigos explicam o que é a Ordem da Fênix. Harry vai até a audiência com Arthur Weasley, pai de Rony. Na audiência, Harry, por um triz é absolvido. Na saída do Ministério, Harry e Arthur vêem o Ministro da Magia que ultimamente tem engrossado com Dumbledore por que ele não quer acreditar que Voldemort voltou, ao lado do Comensal da Morte, Lucio Malfoy.
Harry, Rony e Hermione voltam à Hogwarts. Mas quando chegam lá, descobrem que há outra professora de Defesa contra as Artes das Trevas, contratada do Ministério da Magia, muito irritante chamada Dolores Umbridge, que resolve ensinar a eles por um livro, pois ela diz que não existe nenhum perigo fora de Hogwarts (duvidando do que Harry tinha dito, que Lord Voldemort voltara. Depois disso, eles tem uma discussão e ele acaba tendo que ter detenção). Na detenção, Harry tem que escrever "Eu não devo contar mentiras" em um papel com uma pena especial de Dolores. Mas quando se escreve alguma coisa no papel, a pena faz uma tatuagem em sua pele.
Depois de algum tempo, Dolores fala para o Ministério que Hogwarts tem problemas seríssimos de disciplina, e o Ministério decide colocá-la como Alta Inquisitora de Hogwarts. Com isso, Harry e alguns de seus amigos fazem um grupo secreto chamado A.D. (Armada de Dumbledore) para ensinar verdadeira Defesa contra as Artes das Trevas. E o professor é Harry. Depois de algum tempo, a diretora Umbridge descobre tudo e acaba demitindo Dumbledore, pois suspeita que ele está por trás daquilo. Com isso, a A.D. ficou mais furiosa ainda e planejou um plano para banir Umbridge da escola.

Harry Potter e o Enigma do Príncipe


Em Harry Potter e o Enigma do Príncipe, Lord Voldemort ameaça tanto o mundo dos Trouxas quanto o mundo dos bruxos, e Hogwarts já não é o local seguro de outrora. Harry suspeita que o perigo esteja dentro do castelo, mas Dumbledore está mais preocupado em preparar o bruxo para a batalha final que se aproxima rapidamente. Juntos, eles trabalham para superar as defesas de Voldemort. Para isso, Dumbledore recruta o velho amigo e colega, Professor Horácio Slughorn, um inocente bon vivant com bons contatos no mundo da magia, pois acredita que ele possui informações cruciais.
Enquanto isso, os estudantes estão sob ataque de um tipo diferente de inimigo, já que os hormônios adolescentes se espalham pelo castelo. Harry se vê cada vez mais interessado em Gina, assim como Dino Thomas. E Lilá Brown decide que Rony é o namorado ideal, mas não esperava que os chocolates de Romilda Vane atrapalhassem seus planos! Já Hermione é tomada pelo ciúme, mas está decidida a não mostrar seus sentimentos. Romances surgem, mas um estudante segue isolado. Ele está determinado a deixar sua marca, mesmo que ela seja sinistra. O amor está no ar, mas a tragédia está no caminho, e Hogwarts pode nunca mais ser a mesma.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Página Anterior Próxima Página Home