Comer, Rezar, Amar.


Ciao il mio fragole, come va ragazzi?
Sim é italiano e provavelmente vocês ñ entenderem o porquê desta pequena frase de saudação nessa língua tão charmosa.
O motivo é um porem não é único, Comer, Rezar, Amar. Este é o livro na qual (ainda) estou lendo e por mais que algumas vezes ele me da vontade de dormi (kkk) não deixei de considerá-lo a maior das viagens emocionais não fictícias deste ano.

To have issues with boundaries, one must first have limits, right?

Per avere problemi con i confini, si deve prima avere dei limiti, giusto?

Sīmā'ō kē sātha muddō hai, pahalē ēka sīmā hai, hai nā?

(Para ter problemas com limites, é preciso primeiro ter limites, certo? Em inglês, Italiano e Hindu).

Cena do filme


Um pequeno trecho para vocês sentirem o que lhes aguardam, caso desejem viajar pelos traumas e concertos deste livro.

- Não estou rindo – Na verdade, eu estava chorando. – E, por favor, não vá você rir de mim agora, mas acho que o motivo pelo qual é tão difícil para mim esquecer esse cara é que eu realmente achava que o David fosse a minha alma gêmea.
- Provavelmente era. O problema é que você não entende o que essa expressão significa. As pessoas acham que a alma gêmea é o encaixe perfeito, e é isso que todo mundo quer. Mas a verdadeira alma gêmea é um espelho, a pessoa que mostra tudo que está prendendo você, a pessoa que chama a sua atenção para você mesmo para que você possa mudar a sua vida. Uma verdadeira alma gêmea é provavelmente a pessoa mais importante que você vai conhecer, porque elas derrubam suas as paredes e te acordam com um tapa. Mas viver com uma alma gêmea para sempre? Não. Dói demais. As almas gêmeas só entram na sua vida para revelar a você uma outra camada de você mesmo, e depois vão embora. Acabou, Sacolão. A missão do David era acordar você,tirar você daquele casamento do qual você precisava sair, destroçar um pouquinho seu ego, mostrar para você os obstáculos e vícios, despedaçar seu coração para uma nova luz poder entrar, deixar você tão desesperada e fora de controle que você fosse obrigada a transformar a sua vida [...]. Essa era a função dele, e ele foi ótimo, mas agora acabou. O problema é que você não consegue aceitar isso, que esse relacionamento tinha um prazo de validade bem curto. Você parece um cachorrinho cheirando lixo, baby… fica lambendo uma lata vazia, tentando tirar mais comida de lá de dentro. E, se você não tomar cuidado, essa lata vai ficar presa no seu focinho para sempre e tornar sua vida infeliz. Então largue isso.
- Mas eu amo ele.
- Então ame ele.
- Mas eu sinto saudade dele.
- Então sinta saudade. Mande um pouco de amor e luz sempre que pensar nele, depois esqueça. Você só está com medo de largar os últimos pedacinhos do David porque aí vai estar sozinha de verdade, e Liz Gilbert morre de medo do que vai acontecer se ficar realmente sozinha. Mas o que você ainda precisa entender é o seguinte, Sacolão. Se você liberar todo esse espaço na sua mente que está usando agora na sua obsessão por esse cara, vai descobrir um vazio ali, um espaço aberto… uma entrada. E adivinha o que o universo vai fazer com essa entrada? Ele vai entrar… Deus vai entrar… e vai encher você com mais amor do que você jamais sonhou. Então pare de usar o David para fechar essa porta. Esqueça isso.
- Mas eu queria que eu e o David…

Ele me interrompe.
- Está vendo, é esse o seu problema. Você quer coisas demais, baby. Parece uma galinha tentando quebrar o próprio ossinho da sorte.

Vocês conseguiram sentir tudo o que estou sentindo por esse livro? Ele é de alguma forma inusitada o retrato de toda a mulher que tem  que lidar com família, trabalho, marido e com sigo próprio.

#FicaaDica

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Página Anterior Próxima Página Home